CRIMPANDO CABO DE REDE: APRENDA COMO FAZER ESSE PROCEDIMENTO EM APENAS 8 PASSOS

Olá caro leitor, tudo bem com você?

Atualmente é comum que as pessoas possuam equipamentos de redes em casa, muitos até entendem o procedimento de configuração de um roteador doméstico. Mas você consegue imaginar como funciona o cabo que leva a internet ao roteador?

O cabeamento é um quesito importantíssimo na hora de montar uma rede de computadores na casa do cliente ou em sua casa, por isso hoje ensinarei a você – Futuro Profissional de Manutenção de PC´s – a realizar a correta montagem de um cabo de rede.

Para isso precisaremos das seguintes ferramentas:

    • 1 Cabo Ethernet UTP CAT 5 
    • 2 Conectores RJ – 45.
    • 1 Alicate para Crimpagem.
    • 1 Estilete para desencapar o cabo

Você verá que o procedimento é bem simples, ao estilo #APRENDAEAPLIQUE!

O que é um cabo UTP CAT 5?

Unshielded Twisted Pair – UTP ou Par Trançado sem Blindagem: é o mais usado atualmente tanto em redes domésticas quanto em grandes redes industriais devido ao fácil manuseio, instalação, permitindo taxas de transmissão de até 100 Mbps com a utilização do cabo CAT 5e.

É o mais barato para distâncias de até 100 metros. Ao abrir um cabo desse tipo você perceberá que ele possui 8 fios ( Verde, Verde e Branco, Laranja e Laranja e branco, Azul e Azul e branco e por fim Marrom e Marrom e Branco) eles muito provavelmente estarão em pares entrelaçados… Por isso o nome – Par trançado.

Há quem diga que não é necessário padrão algum para montar cabos de rede. De certa forma, estas pessoas estão certas, afinal de contas, basta que cada uma das pontas do cabo tenham seus respectivos conectores montados da mesma forma.

Porém, as padronizações nasceram da necessidade de se evitar ruídos e perda de performance nas transmissões de dados e voz.  Sim, um cabo montado de qualquer jeito, sem padronização, pode sofrer com interferências que podem pôr a perder a conexão. O motivo é que determinados fios não podem estar muito próximos uns dos outros dentro do conector. É por isso que cabos montados fora de padrão podem não chegar a atingir a distância máxima da especificação, que é de 100 metros ou apresentar muitos erros na transmissão de dados.

Então apresento-lhes os padrões mais utilizados!

Eu sei que essa explicação vai ser extremamente simples, mas o que eu quero é que você entenda de forma simples e prática como funciona sem que aprofunde muito na teoria ok?

Caso tenha alguma dúvida mais técnica por favor comente no BLOG ou envie um email para murilomuinhos@baudati.com.br e responderei imediatamente!

Coloque em mente que a sequencia de cabo direto (568A) é utilizado para conexão entre diferentes dispositivos, por exemplo: PC conectado ao Roteador. Já o Cabo Crossover (568B) serve para interligar dispositivos iguais como por exemplo:  roteador com roteador ou PC com PC, entre outros!

Agora que você já conhece um pouco sobre a estrutura de cabeamento para interligar dispositivos, vamos aprender a crimpar cabo de rede?

APRENDA A FAZER O CABO DE REDE!

Passo 1: Desenrole o cabo de rede UTP CAT5 que será utilizado para montar a estrutura.

Dica importante: É sempre melhor sobrar do que faltar, por isso procure garantir mais 1m de cabo sempre!

Passo 2: Cuidadosamente remova com o estilete a capa azul que envolve os fios até que ele fiquem visíveis, seja cuidadoso para não romper os componentes internos.

Passo 3: Separe todos os 8 fios como mostra a foto abaixo, isso facilitará na hora de sequenciar os fios para  colocar no conector.

Passo 4: Sequencie os fios de acordos com o padrão 568A ou 568B, lembre-se que falamos disso lá em cima ok?

Passo 5: Após sequenciar os cabos corretamente, utilize um alicate para que o tamanho do fio fique de acordo com o encaixe do conector RJ-45

Passo 6: Encaixe firmemente os fios no conector RJ-45, importante lembrar que o conector deve estar com as laminas de conexão para cima (como mostra a figura abaixo).

Passo 7:  Após conectar o RJ-45 nos fios, chegou a hora de crimpar! Coloque o conector RJ-45 no encaixe do alicate e pressione firmemente até sentir que o mesmo está fixo no cabo.

8. Repita esse procedimento na outro lado do cabo UTP CAT 5, após feito isso conecte-os nos respectivos dispositivos.

Para testar se o cabo funcionou perfeitamente, utilize o comando PING para o endereço IP do equipamento, caso ele responda então você crimpou com perfeição, caso contrário refaça o procedimento.

CONFIRA TAMBÉM: COMO CONFIGURAR UM ROTEADOR WIRELESS!

Então é isso caro leitor, não deixe de curtir, compartilhar e comentar na página do Facebook e Blog, afinal é sempre bom disseminar conhecimento!

Um grande abraço e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *